Atenção! Grandes Spoilers! Análise do Drama Chinês: Eternal Love of Dream, também conhecido como Três Vidas, Três Mundos, O Livro de Travesseiros (2020)

eternal love of dream 3

Análise de Eternal Love of Dream

Eternal Love of Dream, ou como é conhecido em português, Três Vidas, Três Mundos, O Livro de Travesseiros, é uma obra que não pode ser ignorada. Seu antecessor, Eternal Love, foi o meu dorama asiático preferido do ano em que foi lançado, uma verdadeira epopeia. Dijun e Feng Jiu, meu casal secundário favorito, ganharam um destaque merecido com seu próprio spin-off. Confesso que fiquei um tanto receoso quando soube que a narrativa seria completamente diferente da original. Além disso, a mudança de alguns atores me deixou um pouco desconfortável. Mas, ao final dos 56 episódios desse drama chinês, posso afirmar que a experiência foi uma montanha-russa emocional.

Primeiramente, é impossível não se apaixonar por Dilireba, a atriz que dá vida a Feng Jiu. Ela é deslumbrante e talentosa, e a química com Dijun é o que realmente sustenta esse longo drama. Os momentos doces e flertes entre os dois são de aquecer o coração. A forma como o amor entre eles se desenvolve é lenta, mas faz todo o sentido e é incrivelmente bem executada. Vengo Gao, que interpreta Dijun, é um ator fenomenal com uma grande amplitude emocional, variando de um frio distante a uma adorável simpatia.

eternal love of dream 2

Em seguida, fiquei aliviado ao ver que mantiveram o mesmo ator para Si Ming, que oferece um excelente alívio cômico. Também tivemos a sorte de ter uma participação especial de Bai Qian, o que foi uma agradável surpresa. No entanto, senti falta de Ye Hua. Ainda assim, A-Li, interpretado por um novo ator, roubou a cena todas as vezes que apareceu. Confesso que fiquei um pouco chateado com a interação mínima entre Zhe Yan e Bai Zhen, especialmente porque eram queridinhos dos fãs no drama anterior. Mas os novos atores não pareciam ter química, então entendo a decisão dos roteiristas.

Eternal Love of Dream pode não ter superado seu antecessor em termos de grandiosidade épica, mas ainda é uma obra que merece ser vista e apreciada. É um drama que nos faz refletir sobre as complexidades do amor e da vida, e é uma adição valiosa ao universo de Três Vidas, Três Mundos.

Comparação Inevitável com o Predecessor

É difícil não comparar Eternal Love of Dream com seu antecessor, Eternal Love. O último é mais leve em termos de tom e conteúdo. Enquanto Eternal Love nos apresentou vilões mais intensos e malévolos, que adicionaram uma tensão palpável à trama, Eternal Love of Dream carece desses elementos. A ausência de verdadeiros vilões fez com que a história se apoiasse muito em mal-entendidos para manter nosso casal principal separado, o que pode se tornar cansativo com o tempo.

Subtramas e Personagens Secundários

Fiquei um pouco decepcionado com a forma como a história de Cheng Yu e o terceiro príncipe foi deixada de lado. Em vez disso, tivemos Yan e Ji Heng como o casal secundário. Sinceramente, Yan merece alguém melhor do que Ji Heng, cujo arco foi mal desenvolvido pelos roteiristas. A forma como ela se apaixona por Yan é confusa e pouco convincente, o que me fez questionar as escolhas da narrativa.

General Ye e o Reino Mortal

Assistindo Eternal Love of Dream no YouTube, notei que muitos comentários apontavam para o “segundo síndrome masculino” devido ao General Ye. O personagem tinha potencial para ser mais explorado, mas foi subutilizado e serviu apenas como um motivo fraco para Feng Jiu se encontrar com Dijun. Além disso, a parte do reino mortal da série se arrastou um pouco, especialmente porque o Dijun mortal não era o Dijun pelo qual os fãs se apaixonaram.

A Trágica História de Shen Ye e Aranya

Uma das narrativas mais emocionantes de Eternal Love of Dream é, sem dúvida, a história de amor trágica entre Shen Ye e Aranya. A complexidade dos personagens secundários e as motivações que levaram ao desfecho trágico foram excepcionais. Descobrir que eles eram apenas sombras foi um golpe emocional adicional. Aranya é uma personagem verdadeiramente notável que adiciona profundidade ao drama.

eternal love of dream 4

Impressões Gerais e Últimos Episódios

Apesar de alguns problemas com a caracterização e o ritmo, minha experiência assistindo Eternal Love of Dream foi majoritariamente positiva. O drama começa devagar, mas logo ganha impulso. Fiquei entretido e, nos momentos tristes, senti a melancolia pretendida. Embora nunca tenha chegado a chorar, houve cenas que quase me levaram às lágrimas.

Inconsistências e Pontos de Contenção

Em Eternal Love, fomos apresentados a deidades poderosas como Mo Yuan e Ye Hua. No entanto, em Eternal Love of Dream, quando a situação se complica, apenas Dijun parece estar disposto a salvar o mundo de um vilão demoníaco irrelevante. Isso é algo que não consegui entender. Além disso, a reação do servo de Dijun ao ver Feng Jiu deixar Dijun foi irritante. Dijun nunca foi transparente com Feng Jiu, escondendo informações cruciais dela. Isso culmina em um momento doloroso em que Feng Jiu é deixada sozinha em sua própria cerimônia de casamento. Também é incoerente que Feng Jiu, que amou Dijun cegamente por tanto tempo, desistisse dele tão facilmente.

Tragédias Forçadas e Comunicação Falha

Entendo que em Eternal Love of Dream, o foco antes da conclusão é uma tragédia atrás da outra. No entanto, os últimos episódios pareceram trágicos apenas por serem trágicos, sem uma razão convincente. Havia muitos mal-entendidos e eventos infelizes forçados. Além disso, gostaria de fazer um apelo aos roteiristas: podem os pais parar de morrer um pelo outro sem pensar em seus filhos? Gungun é um garoto adorável que merece consideração.

eternal love of dream 5

O Sangue Salva o Dia

Ao contrário dos filmes da Disney, onde as lágrimas salvam o dia, neste drama é o sangue que tem poder redentor. A raridade associada às raposas de nove caudas torna tudo sobre elas especial, desde suas caudas até seu sangue. E, claro, sendo Dijun o todo-poderoso, seu sangue também tem propriedades mágicas. A relação entre ele e Feng Jiu é perfeitamente resumida pelo terceiro príncipe: um está disposto a lutar, o outro a sofrer. Agradeço pelo final feliz; Feng Jiu e Dijun simplesmente foram feitos um para o outro.

Conclusão e Expectativas Futuras

No geral, dou a Eternal Love of Dream uma nota 3.9/5. Nem tudo funcionou, mas o ponto alto é definitivamente o casal principal e a química entre eles. Ah, e antes que eu me esqueça, ouvi rumores de que pode haver um filme. Não sei se é verdade, mas com certeza vou assistir, contanto que os atores principais não mudem, porque isso seria uma blasfêmia.

Eternal Love of Dream tem seus altos e baixos, mas é uma adição valiosa ao universo de Três Vidas, Três Mundos. É um drama que vale a pena assistir, especialmente se você é um fã de longa data deste universo mágico e complexo.

Baseado no artigo da lilvakavivlu

Deixe um comentário